Liga Paulista de Boxe Profissional

"Comissão-membro da AMB-Associação Mundial de Boxe"

 

 

Notícias

   

Liga de Boxe repudia falsas informações                  
23/Mar/09
 

Toda a diretoria da Liga Paulista de Boxe Profissional se mostra altamente indignada com as falsas insinuações de que a entidade, em conjunto com a equipe do atleta Carlos Oliveira, “pagou verdadeiras fortunas” para que o atleta nacional fosse classificado como 14º colocado no ranking mundial da Associação Mundial de Boxe (AMB).

É profundamente lamentável que pessoas que se dizem envolvidas com o esporte difundam uma inverdade e, o pior, sem nunca apresentarem provas e sem jamais se identificarem. Simplesmente espalham uma “fofoca” e esperam que suas invenções sejam tratadas como verdades absolutas, sem respeito ao trabalho dos dirigentes da Liga de Boxe e a qualidade dos atletas que por ela conseguem desenvolver suas carreiras.

Carlos “Furacão” Oliveira (24-1-0, 18 KOs) é um legítimo campeão AMB Fedebol da categoria pena (57,1k), foi dono do cinturão latino da OMB, está classificado em outras entidades internacionais e teve sua vitoriosa carreira plantada desde os tempos do amadorismo, no qual sempre foi apresentado como atleta de grande potencial. Sua história é suficiente para falar sobre si mesmo.

A Liga de Boxe também vem sendo atacada e vítima de acusações levianas, desde que foi nomeada comissão-membro da AMB exclusiva no Brasil. Os próprios dirigentes da entidade internacional nos enviaram e-mails de hipotéticos managers, promotores e dirigentes que tentaram desqualificar as ações pró-ativas que a Liga de Boxe procura desenvolver.

Para quem não sabe, o estatuto da Liga de Boxe é muito claro ao dizer que a “entidade não tem fins lucrativos”. Com isso, passa a ter a segurança das ações práticas de seus membros, formados em sua maioria por empresários, advogados, ex-atletas e jornalistas, entre outros. Nenhum deles está focado em sucesso pessoal e, sim, na contribuição que cada um pode dar a um esporte que luta por melhores dias.

O fato de Carlos “Furacão” Oliveira ocupar uma posição destacada no ranking da mais antiga e principal entidade mundial de boxe deveria servir de referência e não de inveja. Pela AMB, os brasileiros Eder Jofre e Acelino Popó Freitas foram campeões mundiais e nunca se questionou se eles “pagaram fortunas” para alcançarem o estrelato.

Por isso é profundamente triste que algumas pessoas deixem de cumprir seu papel com a modalidade e se escondam atrás de palavras levianas e sem fundamento. O intuito dessa gente é o de espalhar mentiras como forma de sobrevivência. Porém, a equipe da Liga de Boxe se mantém mais unida e coesa a cada dia, simplesmente porque sabe que contra o trabalho intenso e honesto não existem obstáculos que não possam ser superados. A entidade, inclusive, volta a se colocar à disposição de todos os atletas, técnicos, managers, promotores e dirigentes de outras instituições para parcerias que coloquem o boxe acima de qualquer interesse.

Liga Paulista de Boxe Profissional

Presidente e Jornalista Reinaldo Carrera e diretoria